Sexestima - Sexologia e Terapia de Casal e Sexual

O que fazer se você perder a ereção na hora “H”

perder-erecao-hora-h-o-que-fazer-broxar

A perda da ereção pode ser um momento assustador para qualquer homem — independentemente da idade.

A sensação de falta de controle sobre o corpo, vergonha e mitos sobre impotência sexual podem causar muito sofrimento.

No entanto, a perda ocasional da ereção não constitui um quadro de disfunção erétil, problema que atinge 15 milhões de brasileiros, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Assim, caso isso aconteça com você, é importante estar ciente de algumas coisas para não deixar uma situação completamente natural evoluir para um quadro patológico.

Confira nossas dicas para o caso da chamada “broxada” acontecer com você.

Saiba que isso é natural

Talvez essa seja a primeira coisa que você deve saber: perder a ereção é comum e vai acontecer a quase todos os homens ao longo da vida.

Sim, mesmo que seus amigos não admitam, isso já pode ter acontecido com eles.

Isso porque o processo de excitação e ereção envolve um grande número de agentes físicos e psicólogos. E, como não somos super-homens, eventualmente algo pode estar fora de equilíbrio.

Mantenha a calma

Ok, você broxou. Mesmo que seja difícil, é hora de manter a calma e aceitar o acontecido. Afinal, nada vai mudar o que passou — é preciso olhar para frente.

Portanto, não tente “forçar” o seu pênis a voltar ao campo de jogo. Sexo exige relaxamento e entrega, não obrigações e tensão.

Uma boa dica é focar na sua parceira ou parceiro: um sexo oral, carícias e beijos pode ajudar a relaxar e trazer naturalidade de volta ao momento.

Não tire conclusões precipitadas

Conforme dito anteriormente, um extenso número de fatores pode levar um homem a broxar.

Isso inclui tensão, estresse, medo, ansiedade e também fatores físicos como excesso de álcool e alguma doenças.

Portanto, mesmo que não tenha rolado por uma noite, não vá pensando que você tem algum problema.

Não se cobre muito

Assim como jogador de futebol que — depois uma atuação ruim — tenta mostrar serviço no próximo jogo. Pode acontecer de você se sentir impelido a provar que consegue ter uma ereção normalmente na próxima relação.

No entanto, esse tipo de pensamento é perigoso e pode causar mais desgastes do que trazer resoluções. Afinal, a obrigação acaba por gerar a ansiedade, o que não ajuda em nada na dinâmica do sexo.

Converse com alguém

Se o que aconteceu ficar te incomodando e você sentir necessidade de desabafar: não hesite.

Encontre alguém de confiança e fale o que o acontecido e como aquilo te assustou.

Se tiver em uma relação de maior intimidade, fale com seu parceiro ou parceira sobre isso. Pode ser difícil, mas vai aliviar a tensão e trabalhar sua autoconfiança.

Procure ajuda profissional

Caso esse episódio volte a se repetir ou mesmo que a ereção aconteça, mas sempre em meio a sentimentos de ansiedade e tensão, é importante buscar ajuda.

Saiba que existem profissionais especializados e prontos para te ajudar nesse momento. Assim, ao se consultar e falar sobre o caso, o sexólogo vai determinar a causa do problema e a melhor maneira de tratá-lo.

A terapia sexual ajuda o homem a entender o que está acontecendo com ele e trabalha técnicas em busca de uma resolução.

Mesmo que esse momento seja delicado e muitas vezes confuso, você pode aprender com a situação e voltar a ter uma vida sexual sem empecilhos.

É importante ter em mente a naturalidade da perda ocasional de ereção: não é vergonha alguma broxar.

Também, é essencial saber que você pode contar com ajuda caso o quadro evolua e você precise de auxílio.

Se quiser continuar o aprendizado, leia nosso texto sobre a disfunção erétil e sua causas emocionais.

terapia sexual
Sexestima - Clínica de Sexologia e Terapia de Casal

Sexestima - Clínica de Sexologia e Terapia de Casal

A Sexestima é uma clínica de atendimentos psicológicos em sexologia e terapia de casal. Na Sexestima você irá desenvolver novas habilidades para alcançar seus objetivos no relacionamento conjugal e sexual.

Ultimas do blog