Sexestima - Sexologia e Terapia de Casal e Sexual

O tamanho do pênis realmente importa para as mulheres?

O tamanho do pênis realmente importa para as mulheres?

 

Desde cedo os homens são expostos a falsas premissas espalhadas por gerações e gerações.

Uma delas é o mito que um pênis grande é algo a ser idolatrado, trazendo vantagens para o “sortudo” que o possui.

Entretanto, esse tipo de ideia pode acabar gerando inseguranças e traumas naqueles que se sentem “desfavorecidos”.

E será que as mulheres também são influenciadas por isso? O tamanho do pênis realmente importa para elas? Acompanhe o texto e vamos tentar descobrir.

A média global do tamanho peniano

Muitos homens percebem seus membros como pequenos sem ao menos saber qual a média global.

Um levantamento recente visitou diversos países e compilou as medidas de 15 mil homens adultos. Resultado: o comprimento médio do pênis flácido é de 9,16 cm e, ereto, de 13,1 cm.

Já um micropênis é considerado aquele com medidas menores que 7 centímetros quando ereto.

A partir desses números muitos homens já podem se surpreender, vendo que não estão fora da média mundial.

A vagina e sua habilidade de se adaptar

É importante frisar que a vagina é um músculo que se molda a qualquer tamanho ou formato de pênis.

Além disso, os primeiros 5 centímetros da vagina são os mais ricos em terminações nervosas.

Portanto, ao menos fisiologicamente, podemos afirmar que o tamanho realmente não tem grande influência nos níveis de prazer proporcionados pelo pênis.  

Entretanto, o sexo trabalha a cognição de forma mais ampla — e a imaginação e costumes têm grande influência nesse processo.

O tamanho do pênis importa para as mulheres?

Tamanho importa para as mulheres?

Podemos dizer que o tamanho do pênis importa para algumas mulheres da mesma forma que o tamanho dos seios importa para alguns homens. É apenas uma questão de preferência.

Todavia, para a grande maioria delas, centímetros a mais ou menos não serão decisivos na hora de escolher um parceiro.

Isso porque o sexo envolve diversas outras coisas — físicas e mentais, — que vão muito além dos órgãos genitais e a penetração.

Podemos citar o toque, as preliminares, a “química” e a vontade de estar com a pessoa que se ama: tudo isso influencia na qualidade do sexo.

Quando o grande é um problema

No outro lado da moeda, é comum ouvir mulheres relatando dificuldades quando o pênis do homem é muito grande.

Em casos assim, é preciso cuidado para não machucar, limitando o número de posições e intensidade.

Entretanto, assim como no panorâma do pênis pequeno, deve-se buscar formas para fazer dar certo, preterindo certas posições a favor de outras.

Como você pôde perceber, essa ideia de “tamanho é documento” não passa de mito e não deve ser espalhada como uma verdade absoluta.

O ser humano e sua sexualidade são complexos e muitos são os fatores significativos em uma relação a dois.

Quer ler textos interessantes como este toda semana? Siga-nos nas redes sociais. Estamos no Facebook, Instagram, LinkedIn e Twitter.

terapia sexual
Sexestima - Clínica de Sexologia e Terapia de Casal

Sexestima - Clínica de Sexologia e Terapia de Casal

A Sexestima é uma clínica de atendimentos psicológicos em sexologia e terapia de casal. Na Sexestima você irá desenvolver novas habilidades para alcançar seus objetivos no relacionamento conjugal e sexual.

Ultimas do blog