Sexestima - Sexologia e Terapia de Casal e Sexual

Organização financeira para um casamento feliz: 4 dicas essenciais

dicas de finança para casais

Problemas relacionados à organização financeira são umas das principais causas de divórcio pelo mundo.

Isso é o que apontam diversas pesquisas realizadas ao longo dos anos.

Também não é para menos, a saúde financeira, quando desequilibrada, afeta todas as áreas da vida de uma pessoa — o que, logicamente, inclui o casamento.

Por tal motivo, preparamos este texto com dicas para que você e seu parceiro ou parceira não sofram com este problema.

Mantenha um diálogo aberto

Assim como diversos outros temas, o dinheiro deve ser tratado com naturalidade nas conversas do casal.

Afinal, a vida de casado exige uma reformatação das finanças individuais dentro de uma nova realidade, que é, agora, compartilhada por dois — e também pelos filhos, caso houver.

Muitas pessoas, principalmente no início da relação, encontram uma certa dificuldade em debater o assunto.

No entanto, é exatamente dessa falta de conhecimento das prioridades, responsabilidades e planos de cada um que podem surgir os problemas futuros.

Faça estruturação financeira boa para os dois

Quando se fala de estruturação financeira, não existe uma receita de bolo que funcione para todo casamento.

Alguns casais preferem compartilhar tudo, até mesmo a conta no banco. Outros, do contrário, escolhem separar as despesas e delegar responsáveis.

Independentemente da escolha, a forma como as finanças são manuseadas no dia a dia deve funcionar bem para os dois lados.

Realize no presente e planeje o futuro

Quando se fala em finanças, todos os especialistas da área são enfáticos: é preciso se resguardar para eventuais ocorrências no futuro.

Na prática, isso significa que as necessidades momentâneas devem ser respeitas, contanto que exista um equilíbrio com planos e possíveis demandas futuras.

E aqui não falamos apenas de emergências e coisas do tipo, mas também de sonhos e realizações, como adquirir uma casa própria, trocar de carro, viajar, ter filhos, etc.

Neste ponto, deve-se alinhar as prioridades do casal, considerar também as demandas individuais e criar um plano a longo prazo.

Não é tarefa das mais fáceis, concorda? Mas com paciência e organização é sim possível de ser realizada.

Veja também: 9 Dicas de sexólogas para melhorar a vida sexual

Busque formas de aumentar a renda em conjunto

O casal pode fazer valer sua força em conjunto também nas finanças.

Atualmente, o mundo dos investimentos está cada vez mais acessível e fácil de administrar, sendo uma boa alternativa para pessoas e casais que queiram aumentar suas rendas.

Além disso, cada indivíduo pode usar sua expertise na criação de novos negócios.

Todavia, deve-se fazer tudo com muito planejamento e com um levantamento claro de todos os riscos envolvidos.  

Como você pôde perceber, quando falamos de dicas financeiras para casal, uma palavra se destaca: equilíbrio.

É preciso usar o diálogo aberto para traçar metas, sonhos, prioridades e administrar bem as demandas financeiras do dia a dia.

E claro, tudo deve ser feito com muito respeito e carinho, fazendo disso mais uma peça funcional na engrenagem de uma boa relação  a dois.

Quer receber mais dicas como esta? Siga nossas redes sociais e acompanhe nossas postagens semanais.

terapia sexual
Sexestima - Clínica de Sexologia e Terapia de Casal

Sexestima - Clínica de Sexologia e Terapia de Casal

A Sexestima é uma clínica de atendimentos psicológicos em sexologia e terapia de casal. Na Sexestima você irá desenvolver novas habilidades para alcançar seus objetivos no relacionamento conjugal e sexual.

Ultimas do blog