Vicio em Pornografia

masturbação: qual a frequência normal

Assistir pornografia em excesso pode ser um problema!

Ao contrário da compulsão por sexo, o vício em pornografia não está referenciado nos manuais de diagnóstico e saúde mental como uma doença. Mas não se engane sobre os malefícios desse hábito obsessivo. 

 

Estudos mostram que a exposição excessiva à pornografia fabricada tem causado alterações nos comportamentos sexuais, dentre elas: distorções na maneira de pensar e viver o sexo e de experimentar a sexualidade. Essa tese é ainda mais sustentata à medida que especialistas têm comprovado empiricamente que diversos homens têm se afundado no submundo do sexo virtual, deixando de lado a realidade de suas vidas sexuais. 

 

Experiências em consultório têm evidenciado que, assim como uma droga, a pornografia satisfaz um desejo imediato por meio da masturbação/orgasmo. Entretanto, esse excesso pode trazer danos à saúde mental e sexual.

 

Muitos pacientes (majoritariamente homens) chegam na clínica apresentando sofrimento ao redor da sexualidade e, em grande parte dos casos, o excesso de masturbação e o vício em pornografia são os panos de fundo. Como reflexo destes comportamentos naturalizados, vários problemas sexuais costumam se manifestar de forma mascarada, como:

Ansiedade de desempenho e disfunção erétil: o indivíduo se vê dependente de todo um conjunto de mecanismos sexuais para que sua performance não seja ruim. Fica ansioso, tenso e com medo de falhar, o que acaba gerando o efeito reverso, com mais falhas. Esse pensamento se dá porque na pornografia ninguém erra, e para que o sexo seja “bom” como aparenta, deve-se seguir uma sequência lógica: desde o beijo até à ejaculação do homem que encerra o sexo.

Ejaculação precoce ou retardada: a prática de masturbação excessiva, às vezes com tempo muito curto ou com duração muito longa de estímulos, acaba condicionando o cérebro e o corpo a processos compulsivos. Que por sua vez, podem dificultar a real ejaculação durante uma relação sexual. 

Comparações que levam a constantes frustrações: os indivíduos se encontram completamente tristes e frustrados por não conseguirem atingir os ideais pregados pelos filmes eróticos, como o tamanho dos pênis, corpos esculturais e performances teatrais. Muitos baseiam suas vidas sexuais em entretenimentos artificiais, sem ao menos questionar como aquilo foi feito ou gravado. A realidade, em muitos casos, mostra que atores e atrizes frequentemente passam por sofrimento e depressão, devido à indústria da pornografia pregar o machismo e a misoginia, além do uso e abuso de drogas para aumento de performance sexual, entre outras questões. 

Depressão: alguns sujeitos chegam até mesmo ao fundo do poço, onde encontram seus relacionamentos fortemente abalados pelo vício, assim como sua saúde mental e sexual. A parceria descobre, o sexo se torna inexistente, a compulsão pela pornografia passa a tomar conta e a terapia se mostra indispensável. O transtorno obsessivo compulsivo pode estar associado e um diagnóstico minucioso precisa ser feito, às vezes com indicação de uso de medicamento psiquiátrico para amenizar os sintomas e auxiliar no tratamento.

Como funciona o tratamento para Vicio em Pornografia?

 

Sinto que estou perdendo o controle… como é e onde posso encontrar tratamento?

O primeiro passo é não comprar ou ler tudo que os sites de comunidades anti-pornografia dizem, pois o autodiagnóstico não é recomendado. A experiência de outros indivíduos ou mentores não deve ser usada como referência para todo mundo, até porque cada problema é particular e precisa ser avaliado de forma individual. 

O segundo passo é procurar um profissional adequado, que estudou a sexualidade humana a fundo e está apto para te escutar e te orientar sobre os caminhos necessários e possíveis. A Sexestima conta com uma equipe de extrema competência para te ajudar. Conte conosco!

Desde 2010 prezando pelo seu bem-estar

Conte conosco na sua busca por melhorar seu bem-estar e o do seu relacionamento.
  • Atendimento discreto e ético
  • Consultas on-line para todo o Brasil
  • Profissionais especializados
  • Diagnóstico diferencial:descubra a causa do que tem te incomodado antes de começar a tratar.

Leia mais sobre Vicio em Pornografia e outras disfunções relacionadas:

Gostaria de mais informações?