Como reconstruir um casamento que parece fadado ao fracasso?

Esse é um questionamento que leva muitas pessoas a buscar a terapia cognitivo-comportamental.

E como veremos neste artigo, recorrer ao auxílio especializado pode ser mesmo a solução para encarar o desfecho da melhor forma, ainda que ele não seja o desejado.

Crise sem fim: como reconstruir um casamento?

De repente, o conto de fadas do casamento, no qual você acreditava, passou de sonho a pesadelo.

O príncipe virou sapo, a carruagem abóbora e a união na vida real se mostrou bem mais complicada do que na ficção.

Uma crise no relacionamento não é exclusividade sua, tampouco atinge só recém-casados.

Há quem, depois de anos juntos, enfrente obstáculos que parecem intransponíveis e vai em busca de respostas sobre como reconstruir um casamento.

A vida de casado é boa até os problemas aparecerem – e eles vão surgir.

Quando isso acontece, cabe aos parceiros atuar de modo a garantir que o amor e a harmonia prevaleçam.

Mas como viver um casamento feliz mesmo na crise?

As dicas abaixo podem ajudar.

1. Conversem entre si

O casal que não conversa entre si alimenta o problema e só contribui para que ele cresça.

Providencie um momento para que isso ocorra com tranquilidade.

E aposte no diálogo, não no monólogo.

É fundamental que ambos falem o que pensam sobre a relação.

2. Alinhe expectativas

Você tem disposição e interesse em lutar pelo casamento.

Mas e o seu parceiro ou parceira? Deseja o mesmo?

A conversa sincera, já ressaltada antes, é importante para alinhar as expectativas de cada um.

Não há como reconstruir um casamento no qual só uma parte ainda acredita nele.

3. Não interessa agora apontar culpados

Seja qual for o motivo da crise, apontar erros é o primeiro passo para afundar a relação de vez.

Se não há disposição em perdoar, a confiança não se restabelece e não há como seguir em frente juntos.

4. Deixe o passado no lugar dele

Esta dica é complementar à anterior.

Houve traição de um ou de ambos?

Aconteceram relacionamentos rápidos em meio a uma separação temporária?

Não importa: como diz o ditado, passado é passado.

5. Aceite o outro como ele é

Brigas na relação podem ter origem nas diferenças entre os parceiros.

O problema ocorre quando a falta de compreensão sobre elas leva a fantasiar alguém que não existe.

Quando isso acontece, você não aceita quem está ao seu lado e tenta mudar a pessoa.

6. Namorem muito

Se ambos assim quiserem, tem como reconstruir um casamento.

Tal interesse deve aparecer no dia a dia, dando valor a coisas que parecem pequenas.

Uma manifestação de carinho em público, um convite inesperado, uma noite especial só para os dois.

Perceba que a relação depende de investimento – e ele deve partir de ambos.

7. Recorra à terapia

A psicoterapia de casal deve ser buscada quando o casal, sozinho, não consegue solucionar um problema que afeta a relação.

Seja para descobrir como reconstruir um casamento ou mesmo para sair dele da forma mais saudável possível, o suporte especializado ajuda os parceiros a lidar bem com o que, juntos, definem como o melhor a fazer.

Terapia é melhor forma de reconstruir um casamento

Neste artigo, você conferiu dicas sobre como reconstruir um casamento.

Embora citada como a última delas, não raro a terapia acaba sendo a escolha do casal para resolver a crise na relação.

Isso acontece pela dificuldade natural que os parceiros têm para encontrar a solução mais adequada para ambos.

Mas não pule etapas.

O auxílio especializado deve ser uma busca conjunta, aceita por ambos e com a confiança e comprometimento necessários para que funcione bem.

Nessa hora, vale recorrer a quem mais entende do assunto.

Faça contato com a clínica Sexestima e conheça o serviço de terapia de casal.

Pode estar aí o começo de uma nova e prazerosa fase na vida a dois.

Ultimas do blog

Gostaria de mais informações?