Como manter um casamento feliz?

Quando esse questionamento vem à tona, geralmente estamos cansados, quem sabe até irritados.

Achamos que já fizemos de tudo e que a culpa é do outro.

Mas é possível que não seja assim.

Neste artigo, vamos apresentar sugestões para o casal colocar em prática um planejamento para encontrar a harmonia e a felicidade na vida a dois.

Veja como manter um casamento feliz

Separamos agora cinco dicas valiosas para você aprender como manter um casamento feliz.

Faça dessas recomendações o seu check list para dias melhores ao lado de quem ama.

1. Aprenda a lidar com divergências

Só mesmo em contos de fadas um casal é 100% compatível.

Uma relação saudável também é moldada sobre imperfeições e, vez ou outra, vocês irão discutir por algo.

Nesses momentos, o segredo é ter inteligência emocional para saber quando ceder.

Cada um cede um pouco e a paz e a harmonia se mantêm no lar.

Não há como manter um casamento feliz se pequenas divergências se transformam em brigas.

2. Entenda que vocês são diferentes

Será que você não está tentando moldar a pessoa ao seu lado?

Em busca de uma parceria perfeita, muita gente acaba fazendo isso involuntariamente.

É, novamente, aquela falsa ideia de se casar com alguém que não tem defeitos, apenas virtudes.

Vocês precisam ter a sabedoria de separar o que faz parte do caráter de cada um e o que são manias que prejudicam a relação.

Como? Conversando com a intimidade que todo casal precisa ter.

3. Cuidado com a sua vida sexual

Como manter um casamento feliz se o desejo sexual inexiste ou não é demonstrado?

Não basta ser um pai ou mãe exemplar, ou mesmo conservar a amizade, a admiração e o respeito.

Nada disso exclui a necessidade de vocês praticarem o amor e ter no sexo momentos especiais, que só reforçam o que sentem um pelo outro.

Tanto mulheres quanto homens precisam se sentir desejados.

E se a vida sexual não vai bem, o casamento fatalmente é afetado.

Havendo qualquer disfunção ou desinteresse pelo sexo, busque ajuda especializada.

4. Fuja do estresse!

O estresse nos desafia em vários momentos ao longo do dia.

São os problemas no trabalho, o trânsito caótico, até o cidadão sem noção que fura a fila.

Tudo isso cansa, irrita, nos tira a paciência, mas não deve ser levado para casa.

Esses sentimentos ruins nos deixam menos tolerantes e até agressivos.

Sempre há o risco de descontar em quem você menos gostaria, não é verdade?

Procure dar maior valor às coisas boas da vida.

Leve seu amor para jantar, para fazer passeios diferentes e para fugir de tudo aquilo que não acrescenta ao casal.

5. Reconheça as vantagens de ser casado

Não entre naquele jogo sobre o que é melhor, se ser casado ou solteiro.

Valorizar o casamento é reconhecer as vantagens dele.

Tem aquele cobertor de orelha gostoso no frio ou uma companhia divertida para ver filmes no final de semana chuvoso.

E também a possibilidade de traçar metas e realizá-las juntos.

Mas não apenas isso.

Ter alguém para lhe apoiar e para quem voltar ao fim de um dia cansativo é recompensador.

E só um casamento proporciona isso.

Então, por que não batalhar para que ele seja feliz?

Busque a felicidade no casamento

Ao colocar em prática as dicas que você conferiu neste artigo, a felicidade tão desejada fica mais próxima.

Mas se tudo isso ainda parece difícil, não se envergonhe de buscar ajuda.

A terapia cognitivo-comportamental pode contribuir para que o casal encontre a solução para seus problemas.

Faça contato com a clínica Sexestima.

Será um prazer contribuir para que a vida a dois seja mais feliz e prazerosa.

Ultimas do blog

Gostaria de mais informações?