Sexestima - Sexologia e Terapia de Casal e Sexual

Sexologia: O que é e quando procurar um sexólogo?

Sexologia e terapia sexual

Em geral, a sociedade possui um conhecimento mínimo sobre a importância do papel da Sexologia e da Terapia Sexual, quando, na realidade, são áreas extremamente multifacetadas com extensas práticas específicas.

A importância desses dois campos está para o nosso equilíbrio emocional tanto quanto para as nossas trocas com as pessoas (sejam elas sexuais ou não).

E ter consciência disso é extremamente importante para preservar a sua saúde, mas também para melhorar sua qualidade de vida, buscando o auxílio certo nos momentos necessários.

Pensando nisso, talvez você esteja se questionando: mas afinal, quando devo procurar por um profissional da sexologia ou terapeuta sexólogo?

Essa, entre tantas outras perguntas, será respondida ao longo deste artigo que visa te ajudar e desmistificar um pouco a figura desses profissionais, explicando como funciona o acompanhamento deles e seus benefícios, por exemplo.

Acompanhe até o final para ficar por dentro de todos os detalhes da Sexologia e suas ferramentas para o nosso cotidiano.

O que é sexologia? O que significa?

Sexologia o que é

Antes de entender como e quando encontrar o profissional sexólogo ideal para você, precisamos saber o que é, de fato, a sexologia.

O termo Sexologia” significa o estudo relacionado à sexualidade e todo seu espectro, ou seja, ele explora, analisa e trabalha diretamente com todos os aspectos desse assunto: psicológico, social, cultural, contextual e até fisiológico.

Pensando sobre isso, você pode imaginar que o profissional sexólogo e terapeuta sexual irá tratar apenas de sexo, certo?

No entanto, saiba que esse profissional pode ir muito além do que se espera, especialmente no que diz respeito à sexualidade.

Para compreender isso, é preciso se atentar às coisas que o estudo da sexualidade engloba, isto é, quais os pontos que ela efetivamente trabalha e analisa.

O espectro da sexualidade, como seu próprio nome já diz, ramifica-se para muitos lados.

De fato, um deles é o sexo e o funcionamento da vida sexual, indo de encontro com questões mais fisiológicas e comportamentais também!

Quando voltada para casais, a sexologia pode servir de grande ajuda para questões emocionais e físicas, ajudando o casal a se reconectar e se reorganizar na sua relação.

Seja nos problemas emocionais ou práticos, essa ciência encontra fundamentos e técnicas exclusivas para reequilibrar as relações.

E se engana quem pensa que isso se limita somente aos casais, afinal solteiros também possuem uma vida sexual, certo?

Então, saiba que a sexologia serve para todos, abordando os problemas sexuais, mas também as inseguranças, as dores, dificuldades e limitações.

Isso não significa que o sexo é o fator central, mas que pontos como o comportamento sexual, os pensamentos e a emocionalidade de cada um são elementos de estudo primordial durante esse tipo de terapia.

Esses são aspectos que a sexologia aborda, mas também reorganiza através da educação sexual e aprofundamento na vida do paciente, encorajando-o e reconstruindo sua autoestima pouco a pouco ao longo do tempo.

Nesse sentido, é possível entender que essa ciência faz muito mais do que melhorar o seu “desempenho” sexual e seus relacionamentos como um todo.

Ela, na verdade, reconstrói partes perdidas e preenche faltas que podem estar atrapalhando muito o seu dia a dia.

Por isso, contar com um especialista em sexologia é algo tão natural e necessário para uma vida saudável, afinal é, também, um ato de autocuidado e prioridade de si mesmo.

Falar sobre isso, é desmistificar as barreiras criadas ao redor da sexualidade humana, já que ela nada mais é que uma parte fundamental e pessoal de cada um.

Então, quando falar sobre sexologia, lembre:

Ela possui áreas focais específicas que  incluem desde a reprodução humana, até direitos e consentimento sexual, diversidade de sexo e gênero, saúde e educação sexual, comportamentos e emoções associados ao sexo, desempenho, prazer e realização sexual, entre outros.

Ou seja: não é apenas sobre sexo, mas uma gama de possibilidades e prioridades que tanto a sua mente, quanto o seu corpo necessitam de apoio profissional.

O que é sexóloga ou sexologista?

A sexóloga ou sexologista é a profissional que estuda Sexologia e pode se especializar em diversas atuações, como Psiquiatria, Ginecologia, Urologia, Educação Sexual e Atendimento Psicológico, prática que engloba a Terapia Sexual.

Embora o sexo envolva vários processos físicos, como ereção e lubrificação vaginal, muitos fatores psicológicos também estão associados.

Isso precisa nos levar a pensar que o ponto de partida desse profissional não será somente o ato sexual, mas sim tudo que o engloba e o representa também.

Como já tratamos anteriormente, a sexualidade é um espectro grande o suficiente para que o profissional possa explorar e ajudar a potencializar na sua vida, colaborando com dúvidas comuns, inseguranças e até bloqueios.

E diferente do que você pode estar assumindo, esse apoio permeia muitos espaços, desde questões de gênero, até dúvidas mais práticas na hora H.

Portanto, o sexólogo serve como essa ponte de conexão ajudando não só casais, mas pessoas solteiras que precisam de algum suporte e/ou orientação direcionada.

O melhor, é que, para escolher o profissional ideal para você, é sempre possível ir de acordo com as características e as necessidades que achar mais necessário, por exemplo:

Se você é uma mulher que se sente afastada do seu marido, gostaria de recuperar a confiança emocional e física, mas acha que só conseguiria isso através da ajuda de uma sexóloga do gênero feminino, você tem total liberdade e direito de procurar por uma!

É possível encontrar profissionais sexólogos em espaços como: clínicas, centros de tratamento ou até mesmo hospitais, dependendo. E o mais interessante é que nem todos se limitam ao acompanhamento presencial!

Muitos terapeutas sexuais e sexólogos costumam exercer sua profissão de maneira online, com sessões feitas via plataformas digitais.

Nesses casos, a internet se transforma em uma ferramenta extremamente útil para deixar com que os pacientes se sintam mais confortáveis e acolhidos, além de receberem a vantagem de fazer seu tratamento de qualquer lugar do mundo!

A eficácia da terapia não se altera e, ainda, se mostra uma boa opção para as pessoas que querem buscar o auxílio da sexologia, mas precisam de um valor amigo, no momento.

Com o acompanhamento de um sexólogo online o dinheiro é economizado e, junto dele, a energia, os problemas de deslocamento e o estresse de arranjar horários na rotina corrida. Apenas vantagens, não é verdade?

Como é uma consulta com um sexólogo?

Toda consulta com um sexólogo (online ou presencial) é baseada na confiança, na ética e no sigilo total, priorizando o bem estar do paciente e suas questões pessoais.

Como já citamos, a sexologia oferece espaço para casais em todas as instâncias, mas também para os solteiros que buscam entender mais sobre sua própria sexualidade.

Todo o trabalho realizado nas sessões é baseado em técnicas e práticas  subjetivas para que os problemas apresentados sejam colocados em questão e resolvidos com o tempo.

Certamente, isso exige uma relação de parceria entre o terapeuta sexólogo e seus pacientes, sugerindo que as combinações sejam seguidas e discutidas conforme o andar do tratamento.

Por se tratar de um processo, muito diálogo é envolvido com o passar das sessões e, conforme a confiança e a troca aumentam, a melhora começa a aparecer.

Então, se você tiver interesse em ir em busca da sexologia para te ajudar em alguma questão pessoal, saiba que sempre são os pacientes que ditam o ritmo do tratamento, tendo seu conforto e suas próprias peculiaridades como foco.

Isso significa que o profissional buscará pela abordagem ideal para você, prezando por um atendimento totalmente personalizado e voltado para as suas questões.

O tempo de tratamento e os valores de cada sessão variam de acordo com o profissional que você escolher, mas é importante frisar que quando o assunto é a sua saúde mental e sexual, deve-se elevar a qualidade do serviço acima de tudo.

Quando procurar um sexólogo?

Depois de entender mais sobre a sexologia, você, com certeza, deve estar se perguntando: mas afinal, quando devo procurar um sexólogo?”

Essa é uma ótima pergunta, especialmente agora que você já sabe quantas coisas psicólogos sexólogos podem e devem abordar em seus atendimentos.

No entanto, é preciso saber também: os motivos pelos quais você busca um profissional como esse podem ser vários, afinal nosso espectro de sexualidade sempre nos reserva inúmeras questões.

Para te ajudar a visualizar isso de uma forma mais clara, listamos aqui quatro questões principais (podem haver outras) em que a psicologia e a medicina podem te ajudar, especialmente no campo da sexologia.

Não deixe de conferir para saber se você deve ou não, afinal, ir em busca de um terapeuta sexual:

Problemas de autoestima ou insegurança

Seja na hora de ter relações sexuais, de explorar a sua própria sexualidade ou até mesmo de entender o seu lugar no mundo dentro desse espectro, pode ser que você precise de um pouco de orientação e não há nada de errado com isso!

Problemas de autoestima, medo e insegurança são clássicas questões para pessoas que lidam com a ansiedade, por exemplo, e conviver com isso dentro do espectro sexual pode ser realmente difícil de administrar sozinho.

Por esse motivo, o sexólogo representará um papel indispensável na vida dessas pessoas, analisando dificuldades e colaborando para que elas possam contornar cada um dos problemas gradativamente.

Disfunções sexuais

Nem sempre os nossos bloqueios sexuais estão relacionados aos nossos problemas psicológicos, exclusivamente.

Há quem enfrente problemas fisiológicos, como: ejaculação precoce, vaginismo, dificuldade para atingir orgasmo, problemas de ereção, entre inúmeros outros.

Nesses casos, o profissional focará em investigar o caso em termos médicos, mas também psicológicos, pois ambos caminham juntos.

Diminuição ou falta de desejo sexual

Uma reclamação clássica de casais que estão na mesma relação há mais tempo, a falta de desejo sexual é um problema que atinge inúmeras pessoas cada dia mais.

No entanto, não é somente aos casais que o desejo faz falta, viu? Há solteiros que, também, se mostram insatisfeitos com sua falta ou quase ausência de libido.

Para ambos os casos, o profissional especializado em sexologia fará uma análise detalhada da sua rotina e de todas as motivações para o agravamento dessa situação.

Em alguns casos, o problema pode ser um hábito, alguma disfunção fisiológica ou emocional, entre inúmeras situações que o seu corpo esconde e que necessitam da visão cirúrgica de um especialista.

Insatisfação com sua “performance sexual”

Muito provavelmente, “insatisfação” é a palavra mais presente, quando o assunto é sexologia.

Isso porque é ela que motiva as pessoas a se olharem mais profundamente, despertando o desejo de ir em busca da ajuda e/ou do aperfeiçoamento pessoal.

No caso da “performance sexual” não é diferente!

Há quem busque pelo tratamento com o sexologista para explorar novas possibilidades para as suas próprias relações sexuais e, em alguns momentos, até torná-la mas segura, também.

Por esse motivo, é tão importante frisar que a sexologia pondera também a educação sexual, no âmbito que for, já que eleva capacidades, determina limites e orienta do jeito mais saudável possível.

Esses são alguns casos que podem te motivar a buscar pelo profissional ideal, mas não esqueça: cada caso é um caso e você pode ter seus motivos pessoais para querer o acompanhamento.

Devo procurar uma sexóloga ou sexólogo?

terapia com sexologo

Se você sente alguma afinidade com algum dos problemas acima citados ou, simplesmente, percebe que pode aprofundar seus conhecimentos e domínios sobre sua própria sexualidade, é, sim, recomendado que você busque por um sexólogo.

O contato com esse profissional na sua vida não significa falhas ou erros relacionados a você e sua vida sexual, mas sim uma possibilidade de maior aproveitamento pessoal.

Lembre-se: 

Ansiedade, estresse, depressão, traumas, medos, tabus e crenças negativas sobre sexo podem levar a disfunções sexuais significativas… 

E é na Terapia Sexual que estas questões são trabalhadas, buscando proporcionar bem-estar ao paciente e mais segurança e satisfação nas relações.⠀

Então, não se agarre ao medo quando algo tão acessível e proveitoso pode estar bem à sua frente!

Sexologia e Terapia Sexual, existe diferença?

De uma forma mais prática, podemos entender a sexologia como a ciência por trás das questões sexuais, englobando disfunções, inseguranças, bloqueios, conexões e identificação.

Enquanto isso, a terapia sexual já funcionaria como uma resposta para os problemas estudados dentro da sexologia, ou seja, é um método de tratamento proposto dentro do espectro da sexualidade.

É muito comum que as pessoas se confundam entre os dois conceitos, mas o importante é ter clareza do tratamento que se está buscando.

Médicos, psicólogos e até fisioterapeutas podem ser cotados para colaborar com esses problemas de sexualidade, mas quando não se sabe exatamente qual a questão predominante naquela situação, é sempre recomendado buscar o terapeuta.

Isso porque ele terá as ferramentas para encontrar a resposta psicológica, fisiológica ou emocional, encaminhando o paciente para um profissional diferente, se necessário.

O importante aqui é, portanto, dar o primeiro passo em direção aos cuidados com a saúde mental, afinal eles serão a base para que o resto funcione dentro do espectro de sexualidade.

Qual a relação da psicologia com a sexologia?

A psicologia é, dessa forma, a ferramenta na qual a sexologia se apoia para realizar os cuidados da saúde sexual e, ao mesmo tempo, emocional das pessoas.

É por meio da terapia sexual que as pessoas reequilibram suas expectativas, estabilizam seus medos e aliviam os possíveis problemas relacionados ao sexo ou sua sexualidade.

Falando dessa forma, parece até um trabalho simples de parceria, mas a complexidade do encontro entre a sexologia e a psicologia se dá justamente na figura do sexólogo e terapeuta sexual!

Afinal, ele será o responsável por reconstruir a autoestima, calar as inseguranças e garantir uma vida sexual saudável para seus respectivos pacientes.

Essa é, sem dúvidas, uma grande responsabilidade que só pode ser realizada por profissionais altamente capacitados e de confiança, certo?

E você, por acaso, sabe onde encontrar sexólogos desse nível?

Aqui na Sexestima nós garantimos um atendimento seguro e personalizado com profissionais de ponta, totalmente prontos e preparados para te ajudar a superar suas dificuldades e inseguranças sexuais.

Venha garantir a sua consulta e entre em contato para saber mais!

Referências: Internacional Society for Sexual Medicine e American Board of Sexology.

Rodrigo Torres

Rodrigo Torres

Psicólogo e Sexólogo, Máster em Sexologia Clínica, Saúde Sexual e Especialista em Terapia Sexual. Coord. Instituto Ibero-americano de Sexologia no Brasil, Del. Estadual Sbrash em Minas Gerais com mais de 15 anos de experiência.

Ultimas do blog