Como ter um orgasmo sozinha e se render à masturbação

Descobrir como ter um orgasmo sozinha interessa a muitas mulheres, talvez mais do que você imagina.

Segundo a rede social Sexlog, 32% das brasileiras preferem gozar ao se masturbar ou sendo estimuladas pelas mãos do parceiro.

Por outro lado, 55,6% têm dificuldade de chegar ao orgasmo, conforme estudo da Universidade de São Paulo (USP).

Se você se encaixa em ao menos um dos resultados, está mais do que na hora de se render à masturbação.

Está na hora de aprender como ter um orgasmo sozinha

Estudos sobre o orgasmo feminino (ou a ausência dele) são bastante comuns.

Ano após ano, trazem contribuições interessantes a respeito de como a mulher lida com o seu corpo e o prazer no sexo.

Por vezes, suas conclusões variam um pouco, mas quase sempre apontam para uma realidade parecida: a vida sexual delas deixa a desejar.

Conforme a Durex Global Sex Survey, 56% das brasileiras pensam exatamente assim, ao mesmo tempo que só 22% afirmam gozar no ato sexual.

A já citada pesquisa da USP dá boas pistas para isso: 67% têm dificuldade para se excitar e 59,7% sentem dor na relação.

É justamente aí que cresce a necessidade de aprender como ter um orgasmo sozinha.

Mas do que será que você precisa para isso?

1. Invista no autoconhecimento

Não são raros os relatos de mulheres que nunca se tocaram, desconhecem os pontos do corpo onde sentem mais prazer e até sentem vergonha do parceiro.

Você precisa descobrir onde está a fonte de bloqueio que hoje a impede de desfrutar do orgasmo.

E a melhor forma de começar é sozinha, experimentando novas sensações.

2. Exercite a autoestima e a autoconfiança

É fundamental estar bem consigo mesma, livre daquele medo comum de não agradar o parceiro.

Procure entender que você é merecedora de momentos de prazer e que é capaz de alcançá-los.

3. Desconsidere tabus

Masturbação é saudável, pois sexo é saúde, não pecado.

Ainda que você tenha crescido em um ambiente que pensava diferente, liberte-se de tabus e preconceitos.

Sem dar esse passo, não há como ter um orgasmo sozinha.

4. Experimente técnicas de masturbação

Depois de dar o primeiro passo e permitir o toque na área genital, experimente novas formas de estímulo para aumentar a sua sensação de prazer e chegar ao orgasmo.

Se masturbar é sempre uma oportunidade de realizar descobertas.

5. Relaxe

Entenda que o orgasmo começa na cabeça, nas suas imaginações e naquilo que fantasia.

Para isso, especialmente no início, é preciso tirar um tempo só para você.

Permita-se relaxar e se entregar às sensações, sem qualquer outra preocupação, seja com o relógio, o celular ou com a ideia de que alguém pode chegar e surpreender você.

Terapia sexual pode ajudar

Mulheres que não conseguem chegar ao orgasmo, sozinhas ou na relação sexual, podem encontrar a causa não em aspectos físicos, mas psicológicos.

Não crie fantasmas, imaginando que o sexo não é para você. Talvez só precise de um apoio especializado para enfrentar traumas e remover tabus da sua mente.

Ao buscar o apoio de um profissional da área da Psicologia especializado em sexologia ou um terapeuta sexual, você dá um passo importante para isso.

Conheça a Clínica Sexestima, visite o site, faça contato e conte com a nossa discrição para realizar novas e prazerosas descobertas.

Ultimas do blog

Gostaria de mais informações?