Sexestima - Sexologia e Terapia de Casal e Sexual

Medicamentos: use quando necessário

Medicamentos: use quando necessário

Você sabia que as drogarias estão fazendo pacote de remédios: leve 3 – pague 2? Citamos como exemplo: o Sildenafil – medicamento que surgiu em 1998 para auxiliar no tratamento de pessoas que sofrem de disfunção erétil.

Hoje em dia até as clínicas famosas que tratam disfunções sexuais usam os medicamentos mesmo em problemas que têm origem psicológica.

Para o tratamento da disfunção erétil o primeiro passo é o diagnóstico correto e em qualquer uma de suas variações (psicológica ou orgânica) essa disfunção deve receber um profundo acompanhamento terapêutico de um sexólogo para identificar as causas e indicar os exercícios corretos para o restabelecimento da ereção.

Pelo fato do vasodilatador poder ser comprado sem a necessidade de receita médica, drogarias correm o risco de promover o uso indiscriminado do medicamento ao criarem pacotes promocionais para a venda da “pílula contra a impotência”, ação que por sua vez que pode representar risco à saúde dos usuários.

Em 2009, com o fim da patente e o surgimento de remédios genéricos mais baratos, as vendas de Sildenafil dispararam, saindo de 2 milhões de unidades para 30 milhões. Outra questão é que se não houve melhora de desempenho sexual com 100 mg, não haverá com mais comprimidos.

Para o cardiologista carioca Ricardo Mourilhe Rocha, a prática de uso de Sildenafil por grupos de jovens pode representar risco de dependência. “Acaba gerando uma dependência, até mesmo por questões psicológicas”, diz o especialista.

Por tudo isso, diga não ao uso indiscriminado de qualquer medicamento. Aliás, use mas só quando precisar e no caso de disfunção erétil trabalhar a parte psicológica do paciente é fundamental e faz toda diferença no tratamento. Antes de qualquer atitude, procure um sexólogo. Evitar a automedicação e o uso excessivo de remédios deve ser uma política de saúde e também, de sensatez.

Texto: Bruno Bjota

terapia sexual
Rodrigo Torres

Rodrigo Torres

Psicólogo e Sexólogo, Máster em Sexologia Clínica, Saúde Sexual e Especialista em Terapia Sexual. Coord. Instituto Ibero-americano de Sexologia no Brasil, Del. Estadual Sbrash em Minas Gerais com mais de 15 anos de experiência.

Ultimas do blog