Sexestima - Sexologia e Terapia de Casal e Sexual

7 Técnicas para retardar a ejaculação

Técnicas para retardar a ejaculação: será que isso funciona?

O ceticismo de quem encara esse tipo de dica é compreensível. Afinal, só a procura quem está insatisfeito com a performance sexual.

E quando há um problema relacionado ao sexo que prejudica a vida a dois, é mesmo correto ir em busca de soluções.

Neste artigo, vamos falar sobre elas.

Conheça técnicas para retardar a ejaculação

Para começar, vale abordar as técnicas para retardar a ejaculação mais comuns.

É importante entender que nem todas podem ser efetivas para o seu caso, especialmente porque carecem de comprovação científica.

Ainda assim, se é a voz do povo que indica, vale a tentativa, não é verdade? Mas com moderação, é claro.

1. Masturbação

Masturbar-se antes do sexo poderia resultar em uma relação mais prolongada

2. Start and stop

A ideia é interromper a relação ao perceber que se aproxima de gozar, retomando quando a sensação passar

3. Mudar a posição

A variação serviria também como uma parada estratégica para controlar a ejaculação

4. Squeeze

Consiste em apertar a ponta do pênis por 10 a 20 segundos ao sentir que está próximo de ejacular

5. Kegel

Técnica foca na contração contínua dos músculos da pelve, o que fortaleceria a região e aumentaria a duração do ato sexual

6. Cremes e sprays

Com efeito dessensibilizante, produto promoveria a dormência local temporária, retardando a ejaculação

7. Respiração

Exercícios de respiração profunda poderiam desencadear uma sensação de relaxamento, o que ajudaria no controle da ejaculação.

E se as técnicas para retardar não derem resultado?

Como já destacado, não é errado buscar técnicas para retardar a ejaculação.

Por outro lado, toda melhora nesse aspecto tende a ser temporária. Ou seja, estamos falando de uma solução paliativa, que só se torna permanente quando a origem do problema é atacada.

Então, o que vem causando a ejaculação mais rápida do que você gostaria? Pense a respeito.

Vale investigar causas biológicas e orgânicas, como fatores genéticos, hormonais, doenças neurológicas, inflamações ou infecções na próstata, além do uso de determinados medicamentos.

No entanto, a literatura científica tem demonstrado que, na maioria dos casos, o problema se origina em fatores emocionais.

Estresse e ansiedade, autocobrança excessiva, pressão por desempenho, foco exagerado na penetração e até episódios de disfunção erétil podem fragilizar sexualmente o homem, que não consegue ter controle sobre a ejaculação.

É por isso que, mais do que qualquer técnica, o melhor tratamento está na terapia sexual.

Não é um passo fácil, mas o homem precisa falar sobre sexo e enfrentar seus medos e angústias.

Se é a ansiedade que prejudica seu desempenho, por exemplo, é nela que deve estar o foco do tratamento.

O que é preciso entender é que só mesmo atacando a causa é possível retardar a ejaculação e ter relações sexuais mais prolongadas.

Terapia para retardar a ejaculação

Disfunções sexuais em homens, ainda que temporárias, podem ser o estopim para o fim de uma relação amorosa.

É por essa razão que a ejaculação precoce não pode ser ignorada.

Você deve vencer o constrangimento e buscar ajuda especializada.

Na clínica Sexestima, você encontra a discrição que precisa para enfrentar o problema com o apoio da terapia sexual. Faça contato conosco.

terapia sexual
Sexestima - Clínica de Sexologia e Terapia de Casal

Sexestima - Clínica de Sexologia e Terapia de Casal

A Sexestima é uma clínica de atendimentos psicológicos em sexologia e terapia de casal. Na Sexestima você irá desenvolver novas habilidades para alcançar seus objetivos no relacionamento conjugal e sexual.

Ultimas do blog